domingo, 17 de janeiro de 2016

Mais


Podemos ser tudo
Se o medo não nos trair
Podemos viver
Se derrubarmos a cerca que nos mantém prisioneiros
Podemos ir mais longe
Se o horizonte que vemos não for o horizonte que conhecemos
Podemos ter mais
Se as fronteiras que conservamos deixarem de existir
Podemos tudo
Se os muros caírem para olharmos o outro lado
Podemos sentir
Se as roupas desaparecerem
Podemos desafiar
Se os corpos se entregarem

7 comentários:

  1. Totalmente de acordo com as palavras que formam o poema
    Gosto do poderio sensual das imagens.
    .
    Feliz Domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. As palavras apenas decoram a imagem.

      Eliminar
  2. por vezes queremos e não podemos.
    podes acreditar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito, acontece a todos mas temos esta mania de simplificar as equações para explicar a vida

      Eliminar

- As críticas são bem-vindas, sobretudo as inteligentes
- Opiniões, sugestões, declarações, informações e tudo o resto cabem aqui.
- O que não cabe? Má educação, insultos ou publicidade descarada a outros sites e/ou blogs, tipo spam.
- Respondo a todos menos a anónimos(as)